Sábado, 13 de janeiro de 2018, 08h47
Tamanho do texto A- A+


Política / LUTO

Prefeito lamenta a morte do ator e dramaturgo Luiz Carlos Ribeiro

Um dos mais respeitados nomes da cultura mato-grossense morreu na tarde desta sexta (12)

O Prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário de Cultura, Esportes e Turismo de Cuiabá, Francisco Vuolo lamentaram o falecimento nesta sexta-feira (12) do ator e dramaturgo Luiz Carlos Ribeiro.

“A cultura mato-grossense perde um grande nome. Atuante em várias áreas Luiz Carlos Ribeiro marcou sua obra com a simplicidade tão característica do povo mato-grossense, voltado e dedicado à sua terra e como um cidadão, integro e respeitado pelos seus pares. Queremos externar à família o nosso pesar e que Deus conforte o coração de todos”, ressaltou o Prefeito Emanuel Pinheiro.

O ator faleceu na tarde de hoje, em Cuiabá, na unidade de terapia intensiva do Hospital Santa Rosa onde estava internado desde o ultimo dia 4 de janeiro quando foi internado após se sentir mal, e onde passou por uma cirurgia em razão de uma suspeita de câncer no intestino.

Autodidata na área social do teatro. Estudou com grandes nomes no Rio de Janeiro, São Paulo, e outros estados como Niete de Lima, Jesus Chediak e João Brites, do grupo O Bando de Portugal .

Em meados da década de 70, militou no movimento federativo para (re) organização do movimento teatral nacional e mato-grossense.

Considerado um dos expoentes do teatro mato-grossense Luiz Carlos Ribeiro era advogado, escritor, videasta e educador. Foi fundador da Federação Mato-grossense de Teatro (Famata) e da Confederação Nacional de Teatro (Confenata), onde foi um dos diretores.

Luiz Carlos Ribeiro costuma dizer que sua área de trabalho era o teatro onde vivenciava uma experiência social e sua grande paixão era a direção teatral. Na verdade ele gostava de transmitir ideias.

O velório de Luiz Carlos Ribeiro será na Capela Jardins, a partir das 23h30 desta sexta-feria (12), na Sala Orquídeas.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados