Quinta, 21 de junho de 2018, 10h26
Tamanho do texto A- A+


Política / senado

Lideranças do interior apoiam pré-candidatura de Fávaro

Fávaro, acompanhado de comitiva formada por lideranças do PSD, já percorreu 25 municípios das regiões Sudoeste, Araguaia e Médio-Norte

Durante as viagens pelo interior do estado para ouvir a população e lideranças dos municípios, o presidente regional do PSD, Carlos Fávaro, tem recebido inúmeras manifestações de apoio à sua pré-candidatura ao Senado. Em três semanas, Fávaro, acompanhado de comitiva formada por lideranças do PSD, já percorreu 25 municípios das regiões Sudoeste, Araguaia e Médio-Norte, onde se reuniu com prefeitos, vice-prefeitos, secretários, vereadores, empresários, produtores e trabalhadores rurais.

Segundo o presidente do Sindicato Rural do município de Tangará da Serra, Reck Junior, a população quer um novo modelo de fazer política e Fávaro representa esse anseio. “Ele veio do Paraná para um assentamento rural em Lucas do Rio Verde e, com muita dificuldade, superou desafios, fez sua trajetória no agronegócio e se qualificou para ser vice-governador. Nos surpreendeu com a atitude de renunciar ao cargo, já que poderia estar usufruindo de todos os benefícios do cargo, mas preferiu renunciar para construir um outro projeto. Precisamos de políticos como ele para nos representar”.

Para o prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva, Fávaro conhece bastante o estado e as dificuldades enfrentadas por cada região. “Nosso estado ganhará muito com Fávaro nos representando no Senado Federal”, disse ele, o que foi sustentado pelo vice-prefeito do município de Querência, João Pizzi. “Mato Grosso é um estado essencialmente agrícola, a nossa vocação é essa, por isso precisamos de representantes que conheçam a realidade e as dificuldades da nossa economia”, assegurou.

Durante o encontro em Figueirópolis, o ex-prefeito e ex-presidente da Empaer, Layr Motta, também fez questão de ressaltar que o presidente do PSD sempre esteve comprometido com as questões do estado. “Carlos Fávaro é um grande parceiro, nos ajudou muito quando precisamos. Tenho certeza que como senador fará muito por Mato Grosso”. Já o vereador de Cáceres Walter Zacarkim (PTB), fez questão de ressaltar a postura do pré-candidato. “O Fávaro tem um perfil diferenciado do que estamos acostumados a ver. É um político sério e de palavra”, enfatizou.

Em Denise, o vereador Audelino Primo também destacou a conduta e a sinceridade de Carlos Fávaro. “Quando nos atendeu na Vice-governadoria, foi muito honesto conosco, não fez promessas que não poderia cumprir. Precisamos de políticos como ele para lutar pelo desenvolvimento do nosso estado. Com toda certeza, o município de Denise vai abraçá-lo e apoiá-lo nessa pré-candidatura”.

O secretário-geral do PSD, Stephano do Carmo, explica que a grande aceitação da pré-candidatura de Fávaro comprova o resultado da pesquisa interna encomendada pelo Partido. “Essa pesquisa demonstrou que de cada 10 pessoas que conhecem Carlos Fávaro, 8 votariam nele e esse é um resultado surpreendente. Apesar de ter sido vice-governador, Fávaro ocupou somente um cargo político, ou seja, muitas pessoas não o conhecem, entretanto, de todas as pessoas que o conhecem, praticamente todas votariam nele. Hoje, o Fávaro já conta com apoio de mais de 37 prefeitos e a cada dia aumenta mais esse engajamento”.

O presidente do Sindicato Rural de Água Boa, Antônio de Mello, lembrou que Fávaro foi presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja-MT). “Lá ele conseguiu fazer um excelente trabalho voluntário para Mato Grosso. Como dizem os gaúchos, é um ‘baita’ de um nome para senador”. O ex-presidente da Aprosoja e presidente do Sindicato Rural de Nova Xavantina Endrigo Dalcin, atestou a fala de seu colega de entidade. “O agronegócio é a locomotiva que move esse estado e o Fávaro tem muito para contribuir, principalmente pelo seu conhecimento em logística”, pontuou.

Diante de tantos depoimentos, Fávaro fez questão de agradecer pela forma como é recebido nos municípios. “É uma grande alegria me reunir com tantas pessoas e receber palavras de aprovação e incentivo. Esse projeto à pré-candidatura majoritária foi uma decisão partidária e me disponho com muita dedicação e orgulho para construir propostas com a população. Apesar de conhecer bastante o estado, sempre há algo novo a aprender e, nessas andanças, fico ainda mais ciente das riquezas de Mato Grosso e das dificuldades que os cidadãos enfrentam no dia a dia”.

Fávaro renunciou ao cargo de vice-governador do estado no dia 5 de abril deste ano, depois que o PSD decidiu pelo lançamento de sua pré-candidatura a uma vaga no Senado Federal, para as eleições de outubro.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados